top of page
  • Editor

É TEMPO DE IMAGINAR E CRIAR COM A EXPEDIÇÃO BRINQUEDO DE LER

A Expedição Brinquedo de Ler é um projeto artístico multilinguagem que reúne teatro, arte-educação e artes gráficas dedicado e desenvolvido para estudantes de três escolas públicas que atendem o Ensino Fundamental 1 nas cidades do Guará e de Taguatinga.

Um núcleo de arte-educadores chegará às escolas com muita responsabilidade e afeto oferecendo uma experiência divertida, instigante e cidadã com a apresentação do espetáculo “Brasília, Brinquedo de Ler”, mediação em arte-educação, vivências, criação de materialidades em artes gráficas e produção de um minidocumentário em audiovisual com as crianças participantes do projeto.


Utilizando a poética da expedição, que vai da preparação até a imersão em uma aventura, três trilhas contemplarão o público participante: a Trilha da Fruição, Trilha da Experienciação e a Trilha da Materialização.


O projeto acontece dentro das escolas e essa “viagem” se dá entre o espaço real e o espaço inventado durante a aventura lúdica.


Trilha da Fruição – A fruição aqui refere-se ao ato de desfrutar, de ter prazer de uma apreciação significativa sobre as artes em suas multilinguagens. É aqui que se dá uma investigação, já desdobrada pela Tríade Brinquedo, sobre as estratégias de encantamento do público, sempre convidado a confiar (fiar juntos) nas poéticas estruturantes da Expedição. Nesta etapa o projeto contará com apresentações mediadas do espetáculo autoral da Tríade, “Brasília, Brinquedo de Ler”, que traz na sua história reflexões e imaginações sobre a criação de uma cidade. São dois personagens: Lucito e Leleta, que vão brincar com seus sonhos e inventar uma cidade nova. Todas as apresentações serão antecedidas e precedidas por mediações em arte educação com as artistas e arte-educadoras do projeto.


Trilha da Experienciação - A experienciação é o encontro da equipe de artistas e arte-educadoras do projeto com estudantes e a comunidade escolar para viver experiências coletivas e dinâmicas de conhecer, contemplar, aventurar, inventar, sentir, registrar, memorizar os espaços, lugares e pessoas da escola. Serão realizados jogos de artes gráficas com cartazes e pistas espalhados por toda a escola, além de caminhada guiada pelos próprios alunos para identificar os espaços, memórias, sentimentos que cada cantinho da escola tem. Desse modo, será possível conhecer as histórias que habitam esses cantos, conhecer as pessoas que trabalham na escola, ouvir suas histórias e trocar ideias para expressar sobre tudo isso. Com os olhos instigados para ver e ler o mundo, serão renomeados os lugares e inventar novas organizações espaciais e afetivas na oficina Brinquedo de Ler a Escola.


Por fim, a Trilha da Materialização – Este caminho indica as materialidades produzidas durante toda a expedição. Tudo que se pode registrar, guardar e tocar, enquanto matéria, se dá neste espaço. Nessa fase haverá a criação de um produto audiovisual em curta metragem, bem como mapas afetivos, obras criadas coletivamente com as crianças durante as oficinas e imersões nas escolas. Esses mapas serão uma expressão em artes gráficas dos olhares dos estudantes sobre as escolas que moram na escola: uma síntese imagética lúdica da pluralidade dos afetos das crianças sobre esses territórios públicos de educação.


A ressignificação da escola e seus locais também fazem parte da brincadeira: Locais como bibliotecas, salas de aula, auditório, quadras de esportes, cozinha e corredores poderão ser utilizados para que a trilha seja divertida e repleta de aprendizado e todos os sujeitos do ambiente escolar (professores, estudantes, funcionários da limpeza, da segurança, da cozinha, coordenadores e diretores) podem ser personagens da aventura, afinal, a Expedição Brinquedo de Ler nas escolas usa os verbos trilhar, brincar e criar como ponto de partida!


OS GUIAS DA TRILHA

O projeto “Expedição Brinquedo de Ler” é desenvolvido pela Tríade Brinquedo, uma parceria entre as artistas Ana Flávia Garcia, Elisa Carneiro e Gabriel Guirá, que criaram o coletivo a partir do encontro de suas investigações e interseções em diferentes linguagens, pelas quais compartilham desde 2016.


Ana Flávia Garcia é artista cênica, jogadora-criadora-criatura em palhaçaria, atuação, direção, encenação, dramaturgia e produção. Ativista de longa data em arte-educação, formada em Licenciatura em Artes Cênicas pela UnB, é pesquisadora e desenvolvedora de projetos, ações, mediações e metodologias na tríade arte/política/filosofia com olhos muito atentos às complexidades sociais para compor ações multilinguagem.


Elisa Carneiro é atriz e palhaça natural de Brasília, formada em Bacharelado em Artes Cênicas pela UnB. É uma pesquisadora inquieta, apaixonada e incansável das linguagens e possibilidades da comicidade, buscando desvendar os caminhos da fisicalidade para causar o riso e tocar o coração das pessoas. É uma fera da mímica corporal dramática e suas derivações. Uma das tantas características potentes de seu trabalho é a multiplicidade e versatilidade, transitando entre diversos coletivos e mergulhando em diferentes linguagens, sendo o humor o grande fio condutor dessa trajetória.


Gabriel Guirá é artista gráfico, cênico e literário de Sobradinho, Distrito Federal. Seu trabalho autoral é comumente movido pelas poéticas dos sonhos, memórias e infâncias. De suas criações, destaca-se, pela Tríade Brinquedo, o espetáculo "Brasília, Brinquedo de Ler", com dramaturgia de sua autoria; obra estreada em 2018 por meio de uma ocupação do Centro Cultural Três Poderes, e selecionada para eventos e publicações, como o Catálogo Dramática Iberoamericana para Infância e Juventude, da Argentina, o 1º Festival de Teatro e Arte-Educação do DF e o 20º Assitej World Congress, em Tokyo.


Este projeto é patrocinado pelo FAC - Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal da Secretaria de Cultura e Economia Criativa - GDF.


SERVIÇO

EC 07 do Guará - do dia 13 ao 17

EC 42 de Taguatinga - do dia 20 ao 24

EC 19 de Taguatinga - do dia 27 ao 31


QUEM FAZ

Coordenadora artístico-pedagógica, atriz e arte-educadora: Ana Flavia Garcia

Atriz e arte-educadora: Elisa Carneiro

Arte-educador, dramaturgo, artista gráfico e gestor de mídias: Gabriel Guirá

Equipe de monitoria em arte-educação: Anna Lívia, Beatriz Barros, Diadorim Silva e Raiane Castro

Produtora: Ana Paula Martins

Gestora: Mariana Baeta

Assistente de gestão e produção: Fernando Franq

Assistente de projeto gráfico: Hugo Carvalho

Fotógrafa e cinegrafista: Nath Britto

Assessor de imprensa: Josuel Junior

Trilha sonora: Satanique Samba Trio

Artistas convidados: Anna Menezes, Guilherme Bitencourt e José Regino

Concepção e realização: Tríade Brinquedo


Acompanhe notícias do projeto pelo Instagram: https://instagram.com/triadebrinquedo

Conheça o site do projeto: https://www.triadebrinquedo.com

Comments


bottom of page